Aldo Reinoso Pianos

Afinação especializada

A mais de 40 anos trabalhando com pianos.


O que é afinação?

Afinação é adequar as notas de um instrumento a um tom específico por meio de comparação de notas, esse processo pode ser feito por um diapasão (instrumento metálico de uma única nota), outro instrumento afinado ou um afinador (aparelho eletrônico para este fim). A afinação é atingida quando há uma ressonância, que é uma interação das vibrações entre as notas afinadas com as de comparação. A afinação padrão atualmente é a de 440 hertz (ciclos ou vibrações por segundo), essa afinação é referente a nota lá acima do dó maior central de um piano, e também é a nota emitida por um diapasão.

Como afinar um piano?

A afinação de pianos é feita na grande maioria das vezes por um técnico especializado, o processo além de muito delicado, é demorado e trabalhoso. O piano possui por padrão 88 notas, algumas notas são formadas por até 3 cordas de aço o que resulta em mais de 150 cordas para serem verificadas. Para realizar a afinação do piano o técnico deve dispor de alguns equipamentos, sendo eles chave de cravelhas, cunhas de feltro e um diapasão ou afinador. O técnico deve iniciar o processo de afinação pelo centro do piano, a partir do lá acima do dó maior central que é a nota do diapasão. Para afinar o piano o técnico faz o isolamento de duas das três cordas desta nota com a cunha de feltro, assim evitando que as mesmas interfiram no processo, com a chave de cravelhas realiza o aperto da cravelha para tencionar a corda até que atinja os 440 hertz necessários, repetindo o processo para as outras duas cordas dessa nota. Após afinado o lá central, por meio de comparação auditiva, o técnico identifica a sonoridade da próxima nota e inicia o processo de afinação para ela, e assim sucessivamente até que o piano esteja todo afinado.